Alimente os Peixes!!!!

17 abril 2009

Poema da Casa dos Outros ou Foto-Poema

Minha alma anda arredia
em Andaluzia se espetam touros
o anel de ouro pesa em meu dedo
e eu quero o sopro furioso
das suas ventas
eu quero o músculo preciso
das suas partes
eu quero ser visada
ser o alvo da investida
por isso vim assim,
a carne exposta vermelha
El Toro, venga!
-Grita a torcida.
Depois estaremos exaustos
e recolheremos juntos
todas as rosas.

(sobre O Grande Touro no Partículas do Sentido)

2 comentários:

Sr do Vale disse...

Nossa casa de belas poesias.

Senhora Loirinha Má disse...

Culpa das suas imagens...rs